JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Os principais sinais de um dependente químico que precisa de internação

Problemas com Álcool ou Drogas? Podemos ajudar!
(61) 3547-3198 / (61) 98669-8646

Nem todos sabem identificar quando uma pessoa precisa ser internada em uma clínica. Para perceber isso, é preciso ficar atento aos sinais que o dependente químico mostra.

Escolher um tratamento para um dependente químico não é uma tarefa fácil. Em muitos casos, a pessoa recusa o tipo de tratamento proposto, ou pior, acredita que não precisa de tratamento algum.

Nem todos sabem identificar quando uma pessoa precisa ser internada em uma clínica. Para perceber isso, é preciso ficar atento aos sinais que o dependente químico mostra.

Contudo, existem momentos em que a internação é extremamente necessária. Sendo assim é importante encontrar clínicas de recuperação que sejam eficazes.

Ao longo deste texto, você conhecerá os principais sinais de um dependente químico que precisa de internação.

Vale ressaltar que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas vem trazendo à tona problemas com o alcoolismo. O mesmo é comparável e igualmente grave..

1º sinal – mudança de rotina

Geralmente, o primeiro sinal de que algo está errado com a pessoa é a mudança de rotina.

Quando uma pessoa perde o controle por conta do vício, seus horários de comer, períodos de sono e até mesmo horários de trabalho são afetados.

Ademais, é bem comum que essa pessoa falte em reuniões com amigos e familiares. Em resumo, essa pessoa se torna praticamente inacessível, pois é muito difícil encontrá-la.

Apesar de perceberem a mudança de comportamento, os entes queridos do dependente não costumam associar essa mudança às drogas.

Contudo, esse é um dos sinais mais comuns sobre a necessidade da internação.

2º sinal – olhar cabisbaixo

A adicção de um dependente químico ou addiction como é chamado, já está tão ligado às drogas que passa a ter vergonha de si mesmo. Por conta disso, ele não consegue mais conversar com as pessoas.

Os familiares e amigos até tentam falar com ele, mas fica muito difícil. Por causa do vício, o dependente não consegue olhar nos olhos das pessoas que ele ama.

Dessa forma, o olhar dele fica sempre cabisbaixo. Esse é um sinal clássico sobre a necessidade de internação.

3º sinal – mentiras frequentes

Um dos sinais mais comuns da dependência química é a mentira. O viciado mente com muita frequência, pois ele quer arrumar justificativas para as suas faltas no trabalho e em outros compromissos.

Cintra IT - Seu site profissional responsivo! Ligue (61) 98416-7091

Além disso, o viciado começa a inventar mentiras para conseguir dinheiro para bancar o vício.

O dependente químico é capaz de mentir para familiares, amigos e conhecidos. Esse é um dos sinais mais comuns de que uma pessoa precisa de internação.

4º sinal – agressividade

Esse é um dos sinais mais urgentes sobre a internação. Com o passar do tempo, o dependente químico começa a ficar muito agressivo, especialmente quando questionado sobre alguma coisa.

Além disso, ele também pode se irritar quando alguém resolve lhe dar um conselho.

Outra coisa que faz o dependente ficar agressivo é a falta da droga. Ao ficar muito tempo sem o entorpecente, ele entra em estado de abstinência. Quando isso acontece, o viciado se torna capaz de qualquer coisa para obter a droga.

Tal agressividade é muito comum entre os homens, vale ressaltar que existem clínicas que atendem ao público feminino e masculino.

É recomendado encontrar uma comunidade terapêutica de recuperação masculina ou feminina mais próxima de sua cidade. Lembrando sempre da importância de conhecer seu  histórico como clínica e situação atual.

5º sinal – falta de autocuidado

Outro sinal de que alguém precisa de internação é a falta de cuidado consigo mesmo.

Com o passar do tempo, o dependente químico deixa de tomar banho, escovar os dentes, comer, entre outras coisas. Essa é a fase mais profunda da dependência química.

Quando chega nesse ponto, o dependente não considera mais nada e nem ninguém. Inclusive, ele é capaz de abandonar a si mesmo para ir atrás de seus vícios.

Ao ser questionado sobre a falta de autocuidado, o dependente pode se tornar ainda mais agressivo.

Apesar dos sinais acima serem os mais fortes, ainda existem outros como:

  • Emagrecimento excessivo;
  • Ausências prolongadas da própria casa;
  • Cometimento de crimes para sustentar o vício.

Alguns centros e/ou instituições especializadas como alcoólicos anônimos ou amor exigente Pois também podem ajudar.

Ao identificar qualquer um dos sinais citados em uma pessoa, fique atento, pois talvez ela precise ser internada o mais rápido o possível.

Cintra IT - Tudo para sua empresa ou negócio viver bem na web.

Veja mais

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através do navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.