JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Brasil é o maior consumidor de crack do mundo

Fonte: Bem Estar - G1
0

Brasil é o maior consumidor de crack do mundo; Bem Estar explica a droga que vicia rapidamente e é difícil largar.

efeito

O crack tem o efeito potencializado por causa da via de absorção. A fumaça vai direto para o pulmão e em torno de 30 segundos, a substância chega ao cérebro e começa a fazer efeito.

ACESSE OS VÍDEOS AQUI

Uma pesquisa da Universidade Federal de São Paulo aponta que o Brasil é o maior consumidor de crack do mundo.

O Bem Estar desta terça-feira (7) mostra a história emocionante de uma mulher muito forte, uma verdadeira vencedora. A confeiteira Desirée Mendes Pinto começou a usar cocaína aos 13 anos de idade e dois anos depois, conheceu o crack. Foram 22 anos se drogando, e muito, mas ela conseguiu dar a volta por cima.

O psiquiatra Thiago Fidalgo e o consultor do programa, o cardiologista Roberto Kalil explicam porque o crack é uma droga que vicia tão rápido e porque é tão difícil se libertar.

Saiba mais

A principal diferença da cocaína quando é inalada para o crack, que é fumado, é a via de administração. Tanto a cocaína quanto o crack são drogas estimulantes do sistema nervoso. A cocaína, em geral, é cheirada e a via de absorção é a mucosa nasal, que é muito pequena, então ela demora mais para ser absorvida, demora em torno de 5 minutos para chegar até o cérebro e começar a fazer efeito.

Os efeitos de euforia, aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca, que aumentam a sensação de bem estar e energia, duram em torno de 1 até 3 horas, no máximo.

Com o crack, o efeito é potencializado, principalmente pela via de absorção ser diferente. Enquanto a cocaína é cheirada, o crack é fumado, a fumaça vai direto para o pulmão, que tem uma área de absorção muito grande, então em apenas 30 segundos, mais ou menos, a substância já chega ao cérebro. O efeito acontece de forma muito mais rápida. A droga vai direto para o pulmão e de lá se espalha pelo corpo.

Os efeitos são muito semelhantes aos da cocaína, mas duram menos, em torno de 10 minutos, o que significa que em pouco tempo a pessoa precisa da próxima pedra para sentir o mesmo efeito.

Post Anterior Próximo Post

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.  Os campos obrigatórios são marcados *

Problemas com álcool/drogas? Podemos te ajudar, ligue agora!

  (61) 3547-3198 / 98219-8903 / 98647-4998 / 99432-6340